E agora, Google?

by

Se Google não colaborar, CPI pode fechar Orkut, diz senador

O Google é cobrado pela Justiça e pela Polícia Federal por não colaborar com investigações sobre pedofilia na internet. De acordo com os investigadores, a empresa se nega a divulgar o nome de internautas que divulgam conteúdo de pornografia infantil na rede.

“Se eles não tiverem a disposição de cooperar nós teremos que chegar a qualquer medida, ainda que seja uma medida extrema como essa [tirar o Orkut do ar no Brasil]”, afirma Malta. Os senadores cogitam fazer ainda uma acareação, colocando frente a frente Sergio Suiama, procurador do Ministério Público Federal de São Paulo, e Alexandre Hohagen, presidente do Google no país.

(…)

A última polêmica envolvendo a Justiça e o site no Brasil diz respeito a um novo mecanismo de privacidade do Orkut. Desde o ano passado, os usuários podem “trancar” seu álbum e a página de recados, deixando o acesso restrito a amigos adicionados no perfil.

Na visão do Ministério Público, a ferramenta, que é uma proteção dada aos usuários contra xeretas, encobre crimes de pedofilia. Criminosos estariam usando o “cadeado” do álbum para compartilhar pornografia infantil sem serem vistos por outros usuários e pelas autoridades.

De acordo com a ONG Safernet, houve 3.261 álbuns de fotografia do Orkut denunciados por esse tipo de prática.

Para Sergio Suiama, procurador do Ministério Público Federal de São Paulo, o Google age com “prepotência” perante a lei e os usuários brasileiros. Segundo ele, a empresa simplesmente se nega a colaborar com as investigações.

Para o procurador, a empresa precisa ser obrigada a revelar dados de criminosos no Orkut, com informações como logs de acesso, dados do usuário e fotografias que estavam no site e constituem casos de pedofilia ou crimes de ódio contra certas parcelas da população. “Nossa sugestão para a CPI é que os senadores quebrem o sigilo de criminosos no Orkut”, afirma ele, que é coordenador do Grupo de Combate a Crimes Cibernéticos da instituição.
(…)
A instituição exige também que o Orkut desenvolva filtros para impedir a publicação de conteúdo com pedofilia e a implementação de um serviço de atendimento ao consumidor nacional, inclusive com um telefone de 0800. E, com o novo sistema de “trancamento” de álbuns, o MPF quer ter acesso a fotos restritas.

Apesar desses problemas, Suiama não concorda com um possível fechamento do site no Brasil. “Eu particularmente sou contra o fechamento do Orkut. A grande maioria das pessoas o usam de maneira lícita, bacana”, diz o procurador.

Oh! E agora, quem poderá nos ajudar!?

Em tempo: Parece que o site do Tio Buyu pode sair do ar na próxima sexta, dia 17. Despeçam-se

Uma resposta to “E agora, Google?”

  1. Blog do Celso Ricardo Says:

    oi meninas…

    sei que vcs apenas deram a noticia… mas essa noticia merece…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    tirar o orkut do ar no brasil… acho muito improvável que isso aconteça, ainda que eu ache que o orkut deva sim colaborar com as investigações…

    beijos… e sobre o orkut acabar no dia 17… eu ja ouvi isso várias vezes, mas… continua tudo como dantes no quartel de abrantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: