Murphy?

janeiro 14, 2009 by

Via Triplo Sentido

Ops!

janeiro 14, 2009 by

O vídeo é velhinho, mas miacabo de rir com a risada desse garoto.

Tic Tac Micha

janeiro 13, 2009 by

Uauuu

Na Altitude…

janeiro 13, 2009 by

Vale qualquer coisa para “levantar” o time…

gremio
Será que eles querem levar o time adversário às alturas? ^^

 

Vi no Terra

Parrudinhas

janeiro 12, 2009 by

E se elas fossem assim?

75725joqn_w

Leia o resto deste post »

Homem que é homem: Você é um?

janeiro 12, 2009 by

Homem que é Homem não usa camiseta sem manga, a não ser para jogar basquete. Homem que é Homem não gosta de canapés, de cebolinhas em conserva ou de qualquer outra coisa que leve menos de 30 segundos para mastigar e engolir. Homem que é Homem não come suflê. Homem que é Homem — de agora em diante chamado HQEH — não deixa sua mulher mostrar a bunda para ninguém, nem em baile de carnaval. HQEH não mostra a sua bunda para ninguém. Só no vestiário, para outros homens, e assim mesmo, se olhar por mais de 30 segundos, dá briga.

HQEH só vai ao cinema ver filme do Franco Zeffirelli quando a mulher insiste muito, e passa todo o tempo tentando ver as horas no escuro. HQEH não gosta de musical, filme com a Jill Clayburgh ou do Ingmar Bergman. Prefere filmes com o Lee Marvin e Charles Bronson. Diz que ator mesmo era o Spencer Tracy, e que dos novos, tirando o Clint Eastwood, é tudo veado.

HQEH não vai mais a teatro porque também não gosta que mostrem a bunda à sua mulher. Se você quer um HQEH no momento mais baixo de sua vida, precisa vê-lo no balé. Na saída ele diz que até o porteiro é veado e que se enxergar mais alguém de malha justa, mata.

E o HQEH tem razão. Confesse, você está com ele. Você não quer que pensem que você é um primitivo, um retrógrado e um machista, mas lá no fundo você torce pelo HQEH. Claro, não concorda com tudo o que ele diz. Quando ele conta tudo o que vai fazer com a Feiticeira no dia em que a pegar, você sacode a cabeça e reflete sobre o componente de misoginia patológica inerente à jactância sexual do homem latino. Depois começa a pensar no que faria com a Feiticeira se a pegasse. Existe um HQEH dentro de cada brasileiro, sepultado sob camadas de civilização, de falsa sofisticação, de propaganda feminina e de acomodação. Sim, de acomodação. Quantas vezes, atirado na frente de um aparelho de TV vendo a novela das 8 — uma história invariavelmente de humilhação, renúncia e superação femininas — você não se perguntou o que estava fazendo que não dava um salto, vencia a resistência da família a pontapés e procurava uma reprise do Manix em outro canal? HQEH só vê futebol na TV. Bebendo cerveja. E nada de cebolinhas em conserva! HQEH arrota e não pede desculpas.

*

Se você não sabe se tem um HQEH dentro de você, faça este teste. Leia esta série de situações. Estude-as, pense, e depois decida como você reagiria em cada situação. A resposta dirá o seu coeficiente de HQEH. Se pensar muito, nem precisa responder: você não é HQEH. HQEH não pensa muito!

Situação 1
Leia o resto deste post »

Livro: O Homem que Calculava

janeiro 12, 2009 by

ohomemquecalculava

 

“O Homem que Calculava” conta a história de Beremiz Samir. Um calculista persa que encantava com sua sabedoria e suas proezas matemáticas.

Li este livro pela primeira aos 12 ou 13 anos e achei apaixonante.
Matemática definitivamente nunca foi meu forte. Sempre gostei mas nunca entendi. E neste livro o autor apresenta a matemática de uma forma que faz parecer tudo tão simples.

 Segue um trecho do livro (o meu preferido).

 

O califa Al-Motacém oferece ouro e palácios ao Calculista. Um pedido de casamento. O problema dos olhos pretos e azuis.

Terminada a exposição feita por Beremiz sobre os problemas propostos pelo príncipe hindu, o sultão, depois de conferenciar em voz baixa com dois de seus conselheiros, assim falou:

– Pela resposta dada, ó calculista, a todas as perguntas, fizeste jus ao prêmio que te prometi. Deixo, portanto, à tua escolha: queres receber vinte mil dinares de ouro ou preferes possuir um palácio em Bagdá? Desejas o governo de uma província ou ambicionas o cargo de vizir na minha corte?

– Rei generoso! – respondeu Beremiz profundamente emocionado. – Não ambiciono riquezas, títulos, homenagens e regalos porque sei que os bens materiais nada valem; a fama que pode advir dos cargos de prestígio não me seduz, pois o meu espírito não sonha com a glória efêmera do mundo. Se é vosso desejo tornar-me, como dissestes, invejado por todos os muçulmanos, o meu pedido é o seguinte: – Desejo casar-me com a jovem Te- lassim, filha do Xeque Iezid Abul-Hamid. Leia o resto deste post »

Emprego dos Sonhos

janeiro 12, 2009 by

queensland_australia

O governo do Estado de Queensland, na Austrália, está oferecendo o que considera “o melhor emprego do mundo”: o de zelador de uma ilha paradisíaca.

O local de trabalho é a ilha Hamilton, uma das 600 ilhas da Grande Barreira Coralina – o maior recife de coral do mundo, que abriga um complexo e diverso ecossistema.

A vaga é para um contrato de seis meses e o salário é de US$150 mil (R$235 mil) pelo semestre – o que representa pouco menos de R$ 40 mil mensais.

 

Onde eu assino???

 

*Fonte: Gazeta OnLine
**Enviado pelo Ulires via MSN

Vestibular da Vida

janeiro 12, 2009 by

vestibular11

Tem mais la no Tiras do Sabiá

iCocô

janeiro 9, 2009 by

ipod-spoof-34101

Nem preciso dizer que a-d-o-r-e-i, né???